3 de dez de 2008

GENTE SEM SAL

MEUS CAROS FILHO E SOBRINHOS,
VOCÊS FALARAM TANTO...
"QUE DESSA VEZ, A MORENA FOI EMBORA..."
...ninguém tá pesquisando nem na memória, prá postar aqui.
Vou estar nos lesadosemgeral.blogspot.com
FUI!

17 de nov de 2008

CORRIGINDO O EQUÍVOCO......

JOGÁVAMOS SIM IMAGEM E AÇÃO.
PORÉM, O JOGO EM QUESTÃO QUE "MEXIA" COM CULTURA GERAL, ERA O MASTER.
O NÃO ELETRÔNICO.
DESCULPEM A FALHA TÉCNICA.
FICA VALENDO A POSTAGEM ANTERIOR MESMO ASSIM.
ABRAÇOS.

14 de nov de 2008

IMAGEM E AÇÃO (ou a sabedoria informal)



Nesses "80", os encontros de uma família grande, eram em casa de meu pai, onde, após o descanso do almoço, brincávamos de "Imagem e Ação".


Cultura Geral, acho que todos conhecem.


Acontece, que entre os brincantes, não havia quase universitários e a faixa etárea variava, desde uns sessenta e poucos do meu pai que estudou ´"apenas" até a terceira série primária até os mais novos, a geração dos meus filhos.


A média ali não era média, tudo muito diversificado.


E todos brincavam.


Está claro que ninguém acertava 100% das respostas mas todos respondiam, ora com certeza, ora com criatividade.


Ninguém se esquivava de INTERPRETAR a pergunta., e ninguém fugia da raia.


Íamos buscar na memória ou na maladragem um meio de ganhar o jogo.


Está implícito que no meio de tantos desafios entre tantas pessoas, havia um "quiprocó" que só esquentava a brincadeira.


E até os chutes traziam consistência.


Dos 60 aos 12, dos 12 aos 60, todos participavam e pensavam.


Éramos bons na cultura geral.


Ainda somos.


Isto, prá lamentar o nível de decrepitude a que chegou hoje a educação. E a informação, apesar de todos os meios modeeeeeernos que há a disposição dos mais novos.


Anos 80 sem contaminação da mediocridade que nos mesmos 80, começou a assolar covardemente os brasileiros.


As cenas de durante os dias de brincar de Imagem e Ação são inenarráveis por mim, mas sei que tem gente com melhor memória que poderá narrá-las, se quiser.


Fica aqui a boa lembrança .


A mensagem é a NÃO CONTAMINAÇÃO PELA MEDIOCRIDADE.


Lá mesmo nos 80.


Mesmo sem princípio meio e fim, porque não tenho estilo literário, só tenho boa vontade e uma saudade desgraçada.


E tenho dito.


29 de out de 2008

1982

Brizola eleito governador do RJ, pela primeira vez. Lembro que meus pais votaram na Sandra bota fogo de favela Cavalcante... não entendi nada!
No governo Brizola, Darcy Deus Ribeiro lança a mais audaciosa proposta educacional do país, com os CIEPs.

O Vasco vence o campeonato carioca, em cima de um timaço do Flamengo. Há 15 minutos do início da final, este que vos escreve tomou a decisão mais importante de sua vida: virou vascaíno.

Na F-1, Keke Rosberg ganha o mundial vencendo apenas uma corridinha.

Das entranhas da Barra fim-do-mundo da Tijuca, nasce o Barão Vermelho.

Randy Rhodes, guitarrista do Quiet Riot e do Ozzy, morre em um acidente de avião.

Na Copa da Espanha, Paolo Rossi saiu de um gancho de dois anos para jogar o Brasil (e o Cerezo) na lama. Justo castigo pra Telê, que levou Serginho Chulapa em vez de Dinamite.

22 de out de 2008

LESA PÁTRIA

XUXA.
O TRABALHO DESSA MULHER FOI EMBURRECER 2 GERAÇÕES.
CONSTRUIR UM MURO ENTRE AS CRIANÇAS E SUAS ORIGENS CULTURAIS, SEU FOLCLORE, AS ESTÓRIAS E OS "CAUSOS" BRASILEIROS.
AFASTOU OS "BRASILEIRINHOS" DO BRASIL.
ANOS 80.
ALGUÉM ACREDITA QUE FOI UM ACASO?
E OS PAIS DAS CRIANÇAS DA "ERA XUXA?"...
REFERÊNCIAS VCS VÃO BUSCAR, NÃO AQUI, POIS QUEM ESTÁ NESTE BLOG, CERTAMENTE, NÃO FOI AFETADO NEM ALIJADO DO CONTEXTO BRASILEIRO.
NÃO ESQUEÇAM DE QUE, QUEM LEVOU A XUXA PRÁ MÍDIA FOI OUTRO ...O PELÉ, AMIGO, AMICÍSSIMO DAS DIREITAS TODAS DE TODAS AS ÉPOCAS.
VCS ACREDITAM MESMO EM ACASO OU QUE ESSA MULHERZINHA NASCEU COM UMA ESTRÊLA NA TESTA? HEIN!?

19 de out de 2008

1981

O desastrado atentado no RioCentro é dos últimos suspiros da Ditadura. Não que a democracia instalada tivesse alcançado mudanças mais significativas na vida do trabalhador comum, mas o fato em si se rergistra como ponto final na seqüência de tortura e atentados políticos.
Na cabeça dos generais : "é... o povo já se acostumou a não pensar... podemos ir agora".

Grêmio campeão brasileiro. Piquet, sem patrocínio de peso, e Flamengo, com Nunes, campeões do mundo.

Cláudio Coutinho, aquele que levou Chicão em vez de Falcão e se contentou com o título moral da Copa de 78, foi dar um mergulho em Ipanema. Morreu.

Ronald Reagan empossado milionésimo presidente dos EUA. O que isso tem a ver com o Brasil? O mesmo efeito que teria a empresa onde trabalho trocar de dono.